Consentimento de cookie

É frustrante ter cabelos oleosos; é como se você tivesse de planejar toda a sua agenda social em torno de quando lavar o cabelo. Não poder sair no dia em que você não lavou o cabelo, porque você está desesperada por uma sessão de shampoo ou desejar ter um cabelo seco, é uma situação muito real!

De forma geral, quanto mais fino for seu cabelo, mais rapidamente a oleosidade se acumulará, pois há menos cabelo para absorver os óleos naturais produzidos pelo couro cabeludo. Mas você já se perguntou “qual é a causa inicial da oleosidade nos cabelos?” Enquanto você percorre esse processo natural, estamos aqui para clarear a neblina de dúvidas e ajudar você a entender por que seu cabelo fica oleoso.

Pode te interessar: A estrutura do fio de cabelo humano

Pode te interessar: Entenda a estrutura do cabelo e os diferentes tipos de fio

Um breve guia sobre as causas da oleosidade dos cabelos

Poucas coisas são mais frustrantes do que investir seu tempo para lavar o cabelo e poder aproveitar aquela sensação de limpeza e movimento, para tudo acabar em menos de um dia. É muito irritante!

Acho que ouvimos você perguntar “por que meu cabelo fica oleoso tão rapidamente?” Aqui entram diversos fatores – continue lendo para saber mais sobre eles.

Seu couro cabeludo naturalmente produz uma substância chamada sebo, um óleo natural que ajuda a promover a saúde do seu cabelo e protegê-lo dos agentes externos. O sebo também ajuda a manter a hidratação do seu cabelo num nível saudável ideal. Ao longo do tempo, essa substância pode se acumular, deixando aquela aparência pesada e pegajosa poucos dias depois que você lavou o cabelo.

Existem algumas coisas que podem aumentar a produção do óleo no couro cabeludo, como atividade física, mudanças climáticas ou hormônios. Quer saber mais? continue lendo para ver mais detalhes.

Hormônios

Eventos significativos da vida, como gravidez, parto, puberdade e menopausa provocam alterações hormonais que podem ter um efeito em cadeia na oleosidade do seu couro cabeludo. Se você estiver preocupada com uma das condições acima ou achar que algum fator subjacente que pode estar contribuindo para a oleosidade dos seus cabelos, fale sempre com seu médico.

Mudanças nas condições ambientais

Queda ou elevação súbitas nas temperaturas, ou até mesmo uma mudança completa no clima, podem levar seu corpo a reagir aumentando a produção de sebo para proteger o couro cabeludo e o cabelo. Essa super compensação existe para ajudar seu cabelo a suportar condições severas – mesmo que essa não seja a aparência que você deseja para seu cabelo!

Isso não está relacionado apenas ao clima externo! Durante o inverno, quando saímos do frio externo e entramos num ambiente interno aquecido, essa mudança na temperatura pode fazer com que nosso corpo reaja. Por isso, você pode perceber que seu cabelo fica mais oleoso mais rapidamente durante os meses do inverno.

Uso de chapéu

Seja um chapéu de praia no verão ou um gorro nos meses frios, o uso de chapéu provavelmente estimula a oleosidade no couro cabeludo. Por quê? Como você está prendendo os óleos naturais produzidos pelo seu couro cabeludo, adicionando calor ao ambiente e, ao mesmo tempo, pressionando o cabelo contra o couro cabeludo, aumentam as chances de a oleosidade se espalhar. Os chapéus também amassam o cabelo, o que deixa o óleo mais evidente.

Uso excessivo de produtos condicionantes ou a base de óleo

Se você recorreu ao óleo para cabelos como solução para fios secos, é importante manter a aplicação desse óleo longe do couro cabeludo. Limite-se às pontas e ao comprimento para evitar aquela aparência pegajosa.

Da mesma forma, o uso excessivo de agentes condicionantes, especialmente se você aplicar na raiz, pode ter a oleosidade como efeito.

Dica importante: evite a raiz se você estiver usando tratamentos profundos condicionantes ou óleos, a fim de evitar a aparência de cabelo oleoso ou pesado.

Uso de máscaras de tratamentos capilares erroneamente para seu tipo de cabelo

Se você está sofrendo com cabelos oleosos, vale a pena avaliar os tipos de produtos que você está usando para cuidar dos seus cabelos. Se o shampoo for hidratante, provavelmente ele não está ajudando a situação. O cabelo oleoso precisa de um shampoo limpante que ajude a remover a sujeira, o óleo e o acúmulo de produtos. Um shampoo purificante é a solução perfeita.

Quando falamos sobre produtos condicionantes, é ainda mais importante saber se é um produto indicado para seu tipo de cabelo e saber aplica – ou seja, da metade do comprimento até as pontas. O Tratamento Intensivo, Repara Portege, antifrizz da Pantene é um dos melhores tratamentos capilares para esta missão de dar beleza e vitalidade aos seus cabelos, graças à sua fórmula com óleo de argan, que ajuda a balancear o sebo e o óleo capilar – além de ser um poderoso termo protetor natural.

Dica extra: Anime-se e faça o teste com os tratamentos intensivos e renovados da Pantene com os mais poderosos óleos naturais e descubra uma nova dimensão capilar que te permitirá ter o cabelo de aparência saudável que você sempre sonhou!

Lavar o cabelo todos os dias

Quando seu cabelo fica oleoso rapidamente, parece que a solução mais fácil é lavar os cabelos diariamente, para manter os níveis de sebo baixos. Mas isso na verdade piora a situação! Quando você retira regularmente os óleos naturais do seu cabelo, o couro cabeludo pensa que precisa repor esses óleos mais frequentemente. Se possível, diminua gradualmente a quantidade de lavagens do cabelo para 2 a 3 vezes por semana. Para facilitar a adaptação, alterne entre o uso de shampoo e o enxague apenas com água. Ao lavar o cabelo, aplique o condicionador apenas em direção às pontas, para manter o couro cabeludo e a raiz livres de substâncias pesadas. O shampoo seco é muito útil: procure aqueles shampoos em pó seco, que se espalham uniformemente pelo cabelo e absorvem o excesso de óleo.

Tocar ou brincar com o cabelo

Todos adoramos passar a mão pelos cabelos recém-lavados, mas tocar seu cabelo ou esfregar o couro cabeludo pode na verdade incentivar o couro a aumentar a produção de sebo. Ao passar a mão pelo cabelo, você também está movimentando o sebo pelos fios, o que piora a aparência de oleosidade. Se isso parece familiar, experimente um penteado novo que evite que você toque o cabelo, como usar grampos ou amarrar o cabelo para trás, para que ele fique longe do rosto.

Escovas e utensílios de modelar sujos

Sempre use utensílios limpos – escovas, pentes, utensílios modeladores que geram calor – para minimizar o contato com o sebo e outras substâncias oleosas, e troque sua fronha regularmente para que seu cabelo tenha um ambiente limpo durante a noite.

Da mesma forma, preste atenção à frequência com que você escova o cabelo quando ele está oleoso, pois a escovação ajuda a espalhar o sebo pelo cabelo. Se seu cabelo estiver seco, vá em frente e escove-o regularmente. Porém, se ele estiver oleoso, escove no máximo 3 vezes por dia. Escovas com cerdas naturais de javali são muito mais delicadas com o cabelo.

Agora que você viu algumas dicas sobre as diferentes causas da oleosidade, tem mais ferramentas para enfrentar facilmente os dias de cabelos oleosos. Lembre-se de que se trata de um processo completamente natural, mas, seguindo esses passos simples, você poderá garantir que os cabelos oleosos não comandem sua rotina.

Esse artigo foi útil?